Todos os casos têm uma solução, venha conhecer a sua!

Medicina estética

Não invasiva:

Restaurar, manter e promover a Estética, a Beleza e a Saúde são os principais objetivos desta área da Medicina. Para tal, utilizam-se práticas médicas, minimamente invasivas e com métodos de anestesia tópica ou local e em regime de ambulatório.

É uma componente médica e todo e qualquer tratamento, sendo ele minimamente invasivo deve ser praticado ou supervisionado por um médico.

Cada vez mais esta área é desafiante obrigando a uma constante atenção e atualização. A procura de mais e melhores resultados tem beneficiado quem pretende fazer tratamentos corporais e faciais. Desta forma, têm-se descoberto novas técnicas e as já existentes têm sido aperfeiçoadas. Nunca como agora os fabricantes se preocupam em demonstrar cientificamente a sua eficácia, assim como a sua segurança.

A este nível, há uma organização americana, a Food and Drug Administration (FDA), que se tem destacado no rigor da necessidade de estudos científicos e da segurança para a saúde pública de novos tratamentos, obrigando os fabricantes a estudar e testar, de forma rigorosa e científica, as técnicas e aparelhos a introduzir no mercado.